Saúde

Dia mundial da visão: saiba como evitar a cegueira!

 

O Dia Mundial da Visão é celebrado todos os anos na segunda quinta-feira de outubro. Em 2019, a data cai dia 10 de outubro e o foco é a conscientização da população sobre a cegueira evitável e também as deficiências visuais.

 

Segundo dados da IAPB, atualmente existem mais de 253 milhões de pessoas cegas ou com a visão comprometida. Outro dado importante é que cerca de 75% dos casos de cegueira poderiam ser evitados.

 

E pior: estima-se que até 2050 esses números possam triplicar. Isso porque a população mundial aumentou e, com o avanço da tecnologia, também tem vivido mais. As três grandes causas de cegueira estão diretamente associadas ao envelhecimento, como a catarata, o glaucoma e a degeneração macular relacionada à idade (conhecida também como DMRI).

 

Apesar do envelhecimento ser a principal razão, não é a única: o aumento da pressão, diabetes, tabagismo e até o uso irresponsável de medicamentos também estão relacionados a estas doenças. 

 

Como evitar a cegueira?

 

Entre a catarata, o glaucoma e a degeneração macular a única reversível é a catarata. A cirurgia de catarata é uma das mais realizadas no mundo inteiro. Na cirurgia, o cristalino danificado é removido e é feito um implante artificial em seu lugar. 

 

No entanto, o glaucoma, a DMRI e a retinopatia diabética não tem cura – seu tratamento não recupera a visão perdida. É possível de tratar e controlar o avanço da doença, mas isso depende muito de qual estágio o diagnóstico foi realizado. Diagnósticos mais tardios são mais difíceis de tratar.

 

O glaucoma, por exemplo, não apresenta sintomas iniciais na maioria dos casos. É uma doença silenciosa, que afeta o nervo óptico e que o paciente só percebe quando está em estágio avançado. A DMRI não leva à perda total da visão, mas atrapalha diretamente na vida do indivíduo, pois atrapalha a vista, reconhecimento de rostos e outras atividades do dia a dia. 

 

Por isso, a melhor estratégia para evitar o desenvolvimento das mesmas é a conscientização e prevenção. Assim, as pessoas não esperam o aparecimento de sintomas estranhos, tal como a vista embaçada ou manchas no campo de visão. É muito importante que as visitas ao oftalmologista sejam realizadas de forma regular, especialmente se o paciente possui diabetes ou hipertensão, se tem algum histórico familiar, entre outros. 

 

Uma visita de rotina já analisa o fundo do olho e mede a pressão intraocular, dois pontos para estar de olho quando se fala em cegueira. Qualquer alteração já permite remediar os problemas desde o início. Geralmente, a indicação é realizar consultas de rotina uma vez ao ano, mas a frequência pode aumentar dependendo do caso de cada um. 

 

Caso você esteja sentindo a vista embaçada ou com manchas no campo de visão, procure um oftalmologista imediatamente! Pode ser que não seja nada grave, mas é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Com saúde ocular não se brinca.

Ouça o post

O artigo escrito por:

Profissional Técnica Óptica, é formada em Técnico Óptico no Senac Tiradentes e tem mais de 18 anos de experiência na área. Tem conhecimentos avançados sobre lentes de contato, podendo facilmente identificar, interpretar e aplicar tecnologias disponíveis para adaptação de lentes de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.