Doenças oculares

O que é e quais os tipos de glaucoma?

Quem acompanha as postagens aqui no blog sabe como é importante identificar os principais sintomas de cada doença ocular, principalmente em virtude da urgência de determinados casos. Muitas vezes, o diagnóstico precoce e assertivo pode influenciar diretamente na recuperação dos pacientes e nos reflexos pós-tratamentos. Sendo assim, identificar a doença é o primeiro passo para curá-la…. Com o glaucoma não é diferente.

Doença ocular que provoca danos irreparáveis na região do nervo óptico (que transmite as informações visuais até o cérebro), o glaucoma apresenta diversos sintomas que variam de acordo com os tipos de glaucoma. Como vimos anteriormente, identificar a natureza do problema é fundamental, por isso no post de hoje vamos descobrir quais são os tipos de glaucoma.

Imagem: ikooftalmologia.com.br

Imagem: ikooftalmologia.com.br

 

Tipos de glaucoma

Considerado agudo, o glaucoma de ângulo fechado é reflexo do bloqueio saída do humor aquoso, o que procura aumento doloroso e instantâneo de pressão intraocular. Este tipo de glaucoma é emergencial e deve ser tratado como prioridade.  Já o glaucoma de ângulo aberto é crônico e se desenvolve com lentidão, sendo quase sempre hereditário. É o tipo mais comum de glaucoma e pode levar ao dano permanente do nevo óptico, provocando inclusive cegueira.

Em crianças também é possível observar um tipo de glaucoma, mais precisamente de glaucoma congênito. Neste caso, a criança herda a doença ocular da mãe durante o período gestacional. É um tipo de glaucoma raro, mas que quando identificado, exige tratamento imediato. Existe ainda o glaucoma secundário que se manifesta pelo uso excessivo de medicamentos, traumas ou outras doenças sistêmicas e oculares.

Entre os principais sintomas do glaucoma, dependendo do tipo, estão:

·         Dores agudas e súbitas na região dos olhos.

·         Visão embaçada.

·         Vômitos e náuseas.

·         Vermelhidão nos olhos.

·         Aparência inchada na região dos olhos.

·         Nebulosidade frontal nos olhos.

·         Sensibilidade acentuada à luz.

·         Lacrimejamento excessivo.

·         Aumento de um ou dos dois olhos.

Importante ressaltar que em alguns casos de glaucoma de ângulo aberto a pessoa pode ter a doença e não apresentar os sintomas citados até o início da perda de visão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.