Doenças oculares

Entenda como o uso excessivo de smartphones pode causar cegueira temporária

Você faz parte do grupo de pessoas que fica o dia inteiro usando o celular? Se sim, saiba que você não está sozinho – mas esse é um hábito que precisa mudar pra já! Além de todos os problemas conhecidos, como comprometimento da saúde mental e dificuldade para dormir, esse hábito pode trazer até cegueira temporária. Vem com a gente entender como isso é possível.

Para começar esse assunto, precisamos começar falando sobre a luz azul. Talvez você já tenha escutado falar sobre ela. Trata-se de uma luminosidade emitida pela maioria dos dispositivos eletrônicos e que acarreta vários danos à nossa saúde, principalmente aos olhos.

Os sinais de que o corpo precisa de descanso

Uma das consequências mais conhecidas é o impacto na qualidade do sono. Isso porque a luz azul influencia a produção de melatonina do corpo, um hormônio essencial para nos ajudar a dormir. Mas os efeitos não param por aí.

Essa luminosidade tem uma ação tóxica nas células da retina e, quanto mais expostos estamos a ela, maiores são os impactos – entre eles a cegueira temporária. Tudo começou com um estudo britânico, realizado no Moorfields Eye.

Por lá, dois pacientes que usavam o celular deitados na cama, com um olho tampado pelo travesseiro e outro aberto, experimentaram o episódio de cegueira. Segundo estudos, isso acontece porque a luz azul desregula e dessincroniza a visão. Não à toa, geralmente esses episódios são mais comuns em um olho só.

Antes e depois da cegueira temporária: o que fazer se sentir

O ideal é limitar o uso do celular a apenas poucas horas do dia, sempre descansando o olhar após alguns minutos de tela. Mas, caso você experimente um episódio de cegueira temporária ou irritação, procure um oftalmologista o quanto antes.

É preciso entender a causa do problema para, a partir disso, definir o tratamento. Seja como for, o diagnóstico precoce faz toda diferença.

Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.