Curiosidades

O que é olho preguiçoso?

Você já deve ter visto alguma criança com tampão em um dos olhos, e se perguntou o porquê daquela condição. Isso se deve ao tratamento do olho preguiçoso, que vou explicar detalhadamente mais para frente neste artigo. 

Essa condição afeta diretamente a noção de profundidade, principal função de termos dois olhos. Com o desvio ou desalinhamento de um dos olhos, nosso cérebro escolhe “desconectar” o olho mais fraco para focar no melhor olho, um mecanismo de defesa do próprio corpo.

Mas afinal, o que é olho preguiçoso? Existem dois tipos de problemas que resultam nessa condição. 

Ambliopia

A ambliopia está relacionado com a ligação olho-cérebro. Nesse caso, o cérebro aprendeu a ignorar as informações de um dos olhos e isso ocorre quando as vias nervosas entre o cérebro e o olho não são estimuladas. 

Existem algumas segmentações de ambliopia que podem acarretar no olho preguiçoso:

Ambliopia anisometrópica

Este tipo de ambliopia requer exames médicos para detecção, uma vez que ocorre principalmente quando somos crianças e não percebemos a diferença entre enxergar bem ou mal. Neste caso, o olho preguiçoso é causada pela diferença nos erros refrativos de cada olho, mesmo em casos de grau leve. 

Ambliopia ametropia

O conceito é o mesmo do anterior, porém essa condição ocorre quando o erro refrativo é elevado. 

Ambliopia ex anopsia

O olho preguiçoso causado pela ambliopia ex anopsia é causada pelo impedimento de passagem de luz até à retina. A luz, em olhos saudáveis, percorre um caminho livre desde a entrada até o fundo do olho, conseguindo enviar informações para o cérebro. Nessa condição, tem a existência de uma barreira que não deixa a luz seguir seu caminho como usualmente.

Existem outros tipos de ambliopia, como por exemplo, a ambliopia tóxica proveniente do excesso de álcool ou tabaco, mas esses são raros.

Estrabismo

O estrabismo é um desalinhamento dos olhos, provocado por lesão no nervo ou disfunção dos músculos. Para conseguirmos focar nos objetos utilizamos seis músculos que rodeiam o olho, e nesse caso, eles não funcionam em conjunto de maneira adequada.

Isto pode ser causa ou efeito da ambliopia.

Tratamentos

Como visto nos tópicos anteriores, existem diversas maneiras de resultar no olho preguiçoso. Por isso, os tratamentos se darão de formas diferentes, sempre visando a causa, a severidade e a idade do paciente.

Se a causa do olho preguiçoso for um erro refrativo, o tratamento é justamente corrigir essa deficiência, com uso de óculos, lentes de contato e em determinadas circunstâncias cirurgia com laser.

Se a causa for o estrabismo, o tratamento é contra ela mesmo e a primeira medida é a prescrição de óculos caso haja necessidade. Se o estrabismo for pelo desalinhamento dos olhos, talvez seja necessário recorrer à cirurgia nos músculos extraoculares, os seis músculos citados anteriormente. 

O olho preguiçoso deve ser tratado o mais rápido possível, colocando o tampão (oclusor) para forçar o olho mais fraco a fixar nos objetos, estimulando a visão e o cérebro. Como essa condição ocorre principalmente em crianças, pode ser difícil a adaptação para elas, sendo importante que os pais se previnam antecipadamente. 

O recomendado é levar os filhos ao oftalmologista pela primeira vez quando ele completar um ano! Espero que suas dúvidas tenham sido respondidas a respeito do olho preguiçoso, se gostou, deixe seu comentário.

Ouça o post

O artigo escrito por:

Profissional Técnica Óptica, é formada em Técnico Óptico no Senac Tiradentes e tem mais de 18 anos de experiência na área. Tem conhecimentos avançados sobre lentes de contato, podendo facilmente identificar, interpretar e aplicar tecnologias disponíveis para adaptação de lentes de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.