Lentes de contato

O que é distância vértice?

Você já ouviu falar em distância vértice? Talvez a expressão tenha surgido durante uma consulta ao oftalmologista, mas para quem não entendeu o que isso quer dizer, continue lendo e saiba mais sobre o que é e como a distância vértice afeta quem usa lentes de contato.

Distância vértice (ou simplesmente distância de vértice) é o nome que se dá à distância entre a parte da frente da córnea e a superfície traseira de uma lente corretiva, como por exemplo, as lentes dos seus óculos ou as lentes de contato. Ao aumentar ou diminuir a distância vértice, as propriedades óticas do sistema são alteradas e o ponto focal é movido para frente ou para trás e alterando a potência da lente em relação ao olho humano.

Distância vértice

É assim que o especialista consegue descobrir o grau exato que os olhos precisam para ter uma visão de qualidade, e também qual a posição correta das lentes para evitar o desconforto no usuário – essa distância deve ter até 14mm. Se for maior que isso, a acuidade e conforto visual podem ser comprometidos, pois as lentes acabam longe demais dos olhos.

Para quem usa lentes de contato, é importante estar atento à distância vértice – as prescrições de óculos e das lentes são bem diferentes. Quando o oftalmologista prescreve uma receita, ele já leva em consideração a distância do óculos até os olhos do paciente, que é em média 12mm.

Como as lentes entram em contato direto com os olhos, a distância vértice é totalmente diferente e a prescrição para óculos precisa ser convertida para lentes de contato, especialmente se a prescrição do óculos é de + / – 4.00D ou mais.

Sempre consulte um especialista antes de começar a usar lentes de contato, para que as lentes receitadas estejam de acordo com suas necessidades. Somente um médico oftalmologista, optometrista ou contatólogo pode fazer os cálculos adequados e te orientar na transição entre óculos e lentes de contato.

Ouça o post

O artigo escrito por:

Profissional Técnica Óptica, é formada em Técnico Óptico no Senac Tiradentes e tem mais de 18 anos de experiência na área. Tem conhecimentos avançados sobre lentes de contato, podendo facilmente identificar, interpretar e aplicar tecnologias disponíveis para adaptação de lentes de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.