Lentes de contato

Cirurgia de correção de estrabismo: saiba como funciona!

Para entender como funciona a cirurgia de correção de estrabismo, precisamos antes falar sobre o que causa esse desvio. O globo ocular é “controlado” por seis músculos que são responsáveis por movimentar o órgão e ajustar a capacidade de focarmos em objetos.

Por diversas razões, algumas pessoas apresentam uma falha nessa musculatura – deixando os olhos desalinhados. No caso de crianças que nascem com essa condição, o desenvolvimento da pode ser impactado e, por isso, o ideal é tratar ainda na infância. Já em adultos, geralmente, a consequência é apenas estética. 

Seja qual for a idade, a cirurgia de correção de estrabismo não é a primeira opção dos oftalmologistas. Antes, tratamentos não invasivos (como uso de óculos e tampões) devem ser testados e, geralmente, apresentam bons resultados.

Mas, dependendo do grau de desalinhamento, o procedimento cirúrgico pode ser uma boa opção.

A cirurgia de correção de estrabismo

Quando indicada por profissionais, esse tratamento pode ser feito em qualquer faixa etária – isso porque ele tem baixo risco, é de realização simples e a recuperação é rápida. O tempo total do procedimento é de até 1 hora e meia e a anestesia pode ser local ou geral; geralmente, a escolha é do paciente.

Na mesa de cirurgia, o especialista faz um pequeno corte na lateral do globo ocular para conseguir ter acesso aos músculos. A partir dali, dependendo do caso, o cirurgião irá alongar ou retrair a musculatura do entorno. Assim, o olho consegue alcançar o alinhamento correto.

A recuperação da cirurgia

Depois do procedimento, o paciente é enviado para casa no mesmo dia e o pós cirúrgico envolve uso de medicamentos e colírio e repouso nos primeiros sete dias. 

Após esse período, a recomendação é evitar esforço físico e não frequentar locais como piscina e praia por, aproximadamente, um mês. 

O globo ocular leva algumas semanas para readaptar a visão e, durante esse período, é possível que a visão do paciente seja impactada. Mas, de forma natural, o corpo se adapta ao novo alinhamento e logo os objetos voltam a ficar nítidos. 

Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

O artigo escrito por:

Profissional com sólidos conhecimentos técnicos que estão alinhados com sua experiência prática. Atua no segmento oftalmológico a mais de 20 anos. Focando principalmente em alternativas diferenciadas e inovadoras nas suas funções. Esse conjunto de características oferece aos clientes uma relação perfeita entre a córnea e os diversos tipos de lentes de contato. Trazendo ao usuário o máximo de qualidade a sua visão.“ Tenho como princípio básico que a personalização do atendimento leva a excelência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.