Maquiagem

Você sabe como escolher o tom ideal de corretivo para sua pele?

O corretivo pode fazer toda diferença no resultado final da maquiagem. Esse produtinho tem o objetivo de disfarçar qualquer marca ou cicatriz – isso vale, por exemplo, para olheiras, manchas de acne, espinhas e cicatrizes.

Mas ele só vai funcionar se for usado o produto certo para o seu tipo de pele, incluindo o tom e até a textura. Para ajudar, neste artigo, você vai aprender a escolher o modelo ideal para suas necessidades e como aplicá-lo de forma leve e natural!

Corretivo mais claro funciona?

Esse é um mito muito divulgado, mas a verdade é que o produto certo para disfarçar as olheiras é o com o tom mais próximo ao da sua pele. Passar um mais claro pode deixar a região ainda mais destacada e acinzentada – bem longe do efeito natural que buscamos.

Dica: ao comprar, se perceber que o tom não está certo, experimente adquirir um outro produto – mais claro ou mais escuro, depende do caso – para fazer uma misturinha e, assim, chegar à cor ideal. 

Corretivos coloridos: para que servem?

Provavelmente você já se deparou com esses modelos pelas lojas de maquiagem. Eles não são um item obrigatório, mas podem ser muito úteis para marcas mais intensas. Quem possui olheiras com fundo arroxeado pode se beneficiar dos corretivos amarelados. Isso porque um tom neutraliza o outro.

O mesmo vale para os casos de acnes e cicatrizes avermelhadas – a diferença é que, nessa situação, os de tons verdes são mais úteis. Tenha apenas cuidado com a quantidade: aqui, a regra do “menos é mais” é essencial. Se forem aplicados em excesso, esses produtos podem deixar a pele marcada.

Líquido, cremoso ou em bastão?

Outra coisa que faz diferença no resultado final é a textura do corretivo. Se a pele estiver muito seca ou possuir marcas de expressão, evite os líquidos e principalmente os de alta cobertura. Esses produtos têm mais tendência para acumular em certas áreas do rosto.

Já se o que deseja cobrir for manchas muito intensas, prefira os cremosos, com alta cobertura e secagem rápida. Mas aí cuidado com a quantidade – o excesso pode deixar a maquiagem grosseira e pesada.

Qual o jeito certo de aplicar corretivo?

Para isso, existem duas formas: com a ajuda de um pincel ou com o dedo. Na primeira opção, evite o movimento de vai e vem. Na segunda, dê prioridade ao dedo anelar.

Para ambos, imagine um triângulo invertido na região das olheiras e dê leves batidinhas até todo o produto se misturar na pele. Isso vale também para marcas de acne ou cicatrizes. Assim, a maquiagem fica mais leve e natural.

Outra dúvida comum é se o corretivo deve ser aplicado antes ou depois da base. No geral, depois é a melhor opção. A base tem o objetivo de uniformizar o tom da pele e cobrir leves imperfeições. Aplicando-a primeiro, você ainda economiza o corretivo ao usar apenas o necessário para cobrir o que a primeira camada não conseguiu.

—-

Fontes adicionais:

Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

O artigo escrito por:

Profissional com sólidos conhecimentos técnicos que estão alinhados com sua experiência prática. Atua no segmento oftalmológico a mais de 20 anos. Focando principalmente em alternativas diferenciadas e inovadoras nas suas funções. Esse conjunto de características oferece aos clientes uma relação perfeita entre a córnea e os diversos tipos de lentes de contato. Trazendo ao usuário o máximo de qualidade a sua visão.“ Tenho como princípio básico que a personalização do atendimento leva a excelência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.