Maquiagem

Guia rápido: use o iluminador a seu favor!

Os iluminadores ganharam espaço no mundo da maquiagem e, hoje, é difícil imaginar um look completo que não inclua esse produto. Ele tem a função de entregar um visual saudável, jovem e iluminado. Além disso, quando usado a seu favor, pode realçar os bonitos traços do rosto.

Como escolher o iluminador certo para sua pele

O que não faltam são opções no mercado: há os líquidos, cremosos, em pó, com cor e translúcidos. Com tanta variedade é normal se sentir perdido na hora de comprar o seu. Mas algumas dicas podem ajudar a escolher o certo:

  • Iluminador líquido: funciona melhor em peles secas ou maduras. Por conta da sua textura, além da iluminação, ele confere um efeito hidratado – característica essencial nessas condições.
  • Iluminador cremoso: quem procura maior durabilidade, encontra nesse modelo uma boa escolha – é possível até encontrar opções à prova d’água. Mas, apesar disso, quem tem pele oleosa deve evitar essa textura. 
  • Iluminador em pó: assim como o cremoso, ele entrega uma boa durabilidade. Além disso, pode ser usado por todos os tipos de pele e as possibilidades de aplicação são ainda maiores. Por exemplo, é possível aproveitá-lo como sombra em certas ocasiões.
  • Iluminador com cor: para as peles mais claras, os tons de champagne e perolado são excelentes. Já para as morenas e negras, as tonalidades mais quentes entregam melhores resultados, principalmente os com fundo bronze ou dourado.  
  • Iluminador translúcido: esses têm a função de apenas espelhar a luz natural. É uma opção mais segura para quem ainda não tem experiência com esse tipo de produto. Mas atenção: não é porque não tem cor que não é preciso cuidado com o exagero – em muita quantidade, esse produto pode pesar e trazer um visual oleoso.

O local certo para aplicar o iluminador

Dependendo de onde for aplicado, o visual pode mudar completamente. São cinco regiões principais e, cada uma, entrega um efeito particular. O ideal é ter em mente qual o objetivo da maquiagem e, a partir disso, escolher onde usar o iluminador.

Acima das maçãs do rosto: aplicar o produto no ossinho entre a bochecha e os olhos dá a impressão de um rosto mais fino. Principalmente se for usado com um bronzeador.

Abaixo do arco da sobrancelha: nessa região, o olhar é ressaltado e as sobrancelhas ganham destaque – o que valoriza a maquiagem dos olhos.

Canto interno dos olhos: se o seu desejo é abrir o olhar, essa é a melhor escolha. É só aplicar um pouco de produto, com o dedo mesmo, para garantir um bonito visual.

Ponte do nariz: para deixar essa parte do rosto mais fina e arrebitada, a dica é usar um pouco de iluminador ao longo de todo o ossinho do nariz e na ponta – mas cuidado com o exagero.

Arco do cupido: o “V” que fica na parte superior dos lábios, quando iluminado, favorece o contorno da boca e deixa toda a região em evidência.

Com isso em mente, use o produto nos locais que combinam com o seu estilo. É possível aplicar em somente uma das opções ou até em todas. Mas a regra é sempre a mesma: passe só o suficiente para iluminar, sem exageros na quantidade.

Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

O artigo escrito por:

Profissional com sólidos conhecimentos técnicos que estão alinhados com sua experiência prática. Atua no segmento oftalmológico a mais de 20 anos. Focando principalmente em alternativas diferenciadas e inovadoras nas suas funções. Esse conjunto de características oferece aos clientes uma relação perfeita entre a córnea e os diversos tipos de lentes de contato. Trazendo ao usuário o máximo de qualidade a sua visão.“ Tenho como princípio básico que a personalização do atendimento leva a excelência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.