Saúde

Cuidados com os olhos no Outono

O Outono começa dia 20 de março no Brasil e, com ele, chegam temperaturas mais amenas e baixa umidade no ar. Esse tempo seco é propício para o aumento de doenças oculares, como a Síndrome do Olho Seco, e alergias. Isso ocorre pois os olhos ficam menos lubrificados e mais expostos à poluição, bactérias e fungos. Mas, com algumas dicas e cuidados especiais durante a estação, é possível prevenir as principais doenças oculares do Outono. Confira quais são e como evitá-las:

Síndrome do Olho Seco

A principal doença da estação é a síndrome do olho seco, que acontece graças à baixa umidade do ar e ao ressecamento da região ocular. O problema atinge cerca de 18 milhões de brasileiros e é caracterizado pela pouca ou má formação das lágrimas, deixando os olhos mais secos, ou seja, mais propensos à ação de bactérias e fungos.

Em casos extremos, o ressecamento e as constantes infecções e inflamações podem levar à perda da visão. Os mais afetados pela síndrome do olho seco são usuários de lentes de contatos, idosos, mulheres (por conta do contato das pálpebras com cremes e maquiagem) e pessoas que trabalham em ambientes com ar-condicionado ou que passam muito tempo em frente ao computador ou no trânsito.

Para evitá-la, o ideal é beber bastante líquido, incluir frutas e verduras ricas em vitamina A e E, usar vasilhas de água ou umidificadores para umedecer os ambientes e utilizar lubrificantes oculares, se necessário.

Alergias Oculares

As alergias também podem se tornar um problema sério, já que coceiras constantes podem deformar a córnea ocular. As alergias podem atingir a córnea ou a conjuntiva e, no último caso, causar conjuntivite alérgica (não é transmissível como a conjuntivite causada por vírus).

A dica principal é não coçar e/ou esfregar os olhos. Além disso, se possível, evite plantas, flores e animais com pelo dentro de casa, deixe os ambientes arejados e livres de objetos que acumulem poeira em excesso e substitua a vassoura por um aspirador de pó.

Se você notar qualquer incômodo, como coceira, olhos vermelhos, lacrimejamento, sensação de corpo estranho ou visão borrada, por exemplo, consulte seu médico oftalmologista. Algumas vezes as pessoas aplicam colírios por conta própria, o que pode ter consequências graves.

Conjuntivite

A conjuntivite viral é altamente contagiosa e causa muito incômodo, apesar de não ser grava. O melhor método de prevenção é lavar bem as mãos, evitar aglomerações e locais fechados. Evite compartilhar objetos pessoais, como maquiagem, fronhas, toalhas; bem como levar as mãos aos olhos.

Cuidados diários durante o Outono

Alguns cuidados básicos que podem fazer toda a diferença durante o outono:

  • Beba bastante líquido;
  • Durma bem, para não “cansar a vista”;
  • Uma alimentação rica em vitamina A, E e ômega 3;
  • Faça a manutenção do ar-condicionado;
  • Procure seu oftalmologista caso os olhos apresentem coceira ou ressecamento. Não faça compressas ou utilize colírios por conta própria;
  • Mantenha os ambientes arejados e limpos, passe aspirador de pó se possível. Isso evita ácaros e excesso de poeira;
  • Utiliza o computador com brilho, contraste e altura adequados – e sem exageros.
  • Evite levar as mãos aos olhos, coçando ou esfregando os mesmos.

 

Ouça o post

O artigo escrito por:

Profissional Técnica Óptica, é formada em Técnico Óptico no Senac Tiradentes e tem mais de 18 anos de experiência na área. Tem conhecimentos avançados sobre lentes de contato, podendo facilmente identificar, interpretar e aplicar tecnologias disponíveis para adaptação de lentes de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.