Doenças oculares

Toxoplasmose ocular: saiba como prevenir dessa doença perigosa!

 

Pouco comum, mas bastante perigosa, a toxoplasmose é causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Não contagiosa, a doença pode tanto ser assintomática e passar anos sem sequer ser descoberta, quanto causar problemas graves, inclusive para a visão. Conheça um pouco mais sobre ela.

 

Transmissão

A infecção pode acontecer de três modos:

 

  • Congênita, passando de mãe para filho por meio da placenta
  • Alimentar, graças à ingestão de verduras e vegetais mal lavados e carnes mal cozidas contaminadas por oocistos
  • Cutânea, transfusão sanguínea ou transplante de órgãos

 

É importante lembrar que, apesar de ser conhecida como “doença do gato” por ter o animal como hospedeiro definitivo, é preciso que ele esteja infectado, elimine os ovos do parasita pelas fezes, e que você entre em contato direto com elas em até dois dias para contrair a doença dessa forma.

 

Sintomas

Os malefícios da toxoplasmose aos olhos incluem:

 

  • Visão turva e alteração nas formas
  • Diminuição da visão e cegueira em casos extremos
  • Fotofobia (sensibilidade à luz)
  • Dor
  • Alta pressão
  • Presença de corpos flutuantes no campo de visão

 

Uma característica bastante particular da doença é o aparecimento de manchas branco acinzentadas nos olhos, causadas pela cicatrização das lesões e que diminuem a qualidade da visão.

 

Diagnóstico

Algumas formas de descobrir a infecção pelo protozoário são o mapeamento de retina e o exame de fundo de olho. Além disso, exames de sangue específicos podem ajudar a confirmar o diagnóstico.

 

Tratamento

Como não é possível recuperar as lesões causadas pela toxoplasmose, é muito importante procurar um oftalmologista quando houver qualquer sinal da doença, de forma a minimizar os danos e evitar a multiplicação do protozoário.

 

O tratamento é feito a base de remédios, mas é importante ficar atento pois a infecção pode voltar a aparecer. Em alguns casos, podem  ser recomendadas cirurgias  como a fotocoagulação, crioterapia e a vitrectomia.

 

Prevenção

Importante principalmente para mulheres grávidas, os métodos de prevenção são bastante simples.

 

  • Lave bem legumes e verduras
  • Evite comer carne mal passada/cozida
  • Sempre lave bem as mãos, principalmente antes de cozinhar ou de se alimentar
  • Use luvas para limpar a caixa de areia do seu gato e higienize-a com água sanitária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.