Lentes de Contato e Óculos de Sol Ray Ban
Lentes de contato

Tecnologia e daltonismo

O daltonismo é uma condição genética em que o portador tem dificuldade de diferenciar as cores, principalmente o verde e o vermelho. A doença, na maioria dos casos, é passada de mãe para filho – mas apenas os do gênero masculino irão apresentar os sintomas. É que as mulheres costumam ser assintomáticas e podem viver a vida toda sem saber que possuem essa alteração de gene.

Os portadores da doença já nascem assim e, por isso, muitos podem levar anos e anos até descobrirem que sofrem de daltonismo. Para ajudar nessa descoberta, existem alguns testes disponíveis na internet. O mais famoso é o de Ishihara (foto abaixo), em que círculos com pouco contraste possuem um número desenhado no centro e apenas quem não possui a doença consegue enxergá-lo.

Teste de Ishihara

Mas isso não é o suficiente. Para um diagnóstico correto é preciso procurar um oftalmologista. Só ele poderá confirmar a condição e dizer por qual tipo o paciente é acometido. Isso porque existem três formas diferentes da doença se manifestar. São elas:

Pronatomalia: o portador tem menor sensibilidade para perceber o vermelho, por isso, as cores quentes costumam ficar mais parecidas com um marrom e o verde fica desbotado:

Deuteranomalia: o tipo mais comum se caracteriza pela dificuldade em enxergar o verde e suas nuances – nesse caso, essa cor tende a parecer um cinza. Já o vermelho costuma ser entendida como um marrom e os roxos, azulados:

Triatonomalia: aqui, azul e verde se confundem, deixando os vermelhos e amarelos em tons rosados:


A tecnologia como uma aliada

Não há cura para essa doença, mas cada vez mais seus portadores ganham qualidade de vida – e quando assunto é esse, a tecnologia é de grande ajuda. Alguns aplicativos e ferramentas digitais estão preocupadas em facilitar a vida desses indivíduos e têm tido sucesso nessa empreitada.

Um exemplo é a extensão do Google Chrome, Color Enhance, em que a pessoa daltônica consegue ajustar as cores dos sites na internet para anular suas maiores dificuldades. O aplicativo faz um mini teste visual para que o sistema entenda como melhorar a experiência do usuário. Nesse mesmo caminho está a extensão Dalton, que também ajusta os níveis das cores.

O aplicativo de celular Color Add vai um pouco além e ultrapassa as barreiras do mundo digital. Ele funciona da seguinte forma: caso a pessoa queira ter certeza sobre qual é a cor que está olhando, basta apontar a câmera do celular. Cada tom possui um símbolo próprio, que vai aparecer na tela junto com o nome da cor.

Lentes de contato

Hoje em dia é possível encontrar lentes de contato que ajudam e muito os portadores da doença a verem o mundo à sua volta. As lentes de contato para daltônicos distinguem-se de acordo com o tipo de daltonismo apresentado. O ideal é combiná-las com proteção contra os raios solares: óculos e lentes podem proteger o daltônico em um dia muito ensolarado, por exemplo.

Obviamente, há ainda muito o que melhorar e a tecnologia pode oferecer muito mais aos portadores dessa condição – mas o caminho já começou a ser trilhado. Identificar as cores corretamente é importante não só para conseguir visualizar melhor, mas para garantir o bem-estar para todos.

Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

O artigo escrito por:

Profissional com sólidos conhecimentos técnicos que estão alinhados com sua experiência prática. Atua no segmento oftalmológico a mais de 20 anos. Focando principalmente em alternativas diferenciadas e inovadoras nas suas funções. Esse conjunto de características oferece aos clientes uma relação perfeita entre a córnea e os diversos tipos de lentes de contato. Trazendo ao usuário o máximo de qualidade a sua visão.“ Tenho como princípio básico que a personalização do atendimento leva a excelência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.