Lentes de contato

Maquiagem para pele negra – dicas e mais!

O grande segredo da maquiagem é saber acertar o tom de acordo com seu rosto – isso vale para bases, corretivos, sombras e até blush. Mas, para quem tem a pele negra, essa missão pode ser um pouco mais difícil.

O problema não está no tom em si, mas no que o mercado oferece. Nos últimos anos, isso tem mudado, mas ainda há muito o que avançar. O Brasil possui uma diversidade de cores enorme – e é difícil encontrar marcas que trabalhem com tantas opções. 

Seja como for, com esse artigo você vai aprender, de uma vez por todas, como fazer a melhor maquiagem para pele negra e todos os segredos para chegar lá.

Comece pela base

Se ao ir à loja você não encontrar o tom certo, invista na compra de duas cores diferentes de base. Além de poder misturar para chegar na coloração exata, quem tem a pele negra costuma ter pontos mais escuros no rosto – como o entorno da boca, dos olhos e rente ao couro cabeludo.

Com essa solução, você pode brincar com as variações e chegar em uma pele bem uniforme. Uma dica importante é considerar sua rotina: para quem se expõe muito ao sol, uma base de fundo rosado costuma funcionar bem; por outro lado, quem não tem esse costume, pode optar pelas de fundo amarelado.

A escolha do corretivo

Tudo depende das imperfeições que você deseja disfarçar. Por exemplo, quem tem olheiras roxas, alcança resultados melhores com os corretivos amarelos. Já as marcas puxadas para o marrom, ficam mais invisíveis com produtos de tom avermelhado.

Além disso, se houver marcas de cicatrizes, o ideal é cobrir com o tom exato da sua pele. Usar cores mais claras pode trazer o efeito inverso e chamar ainda mais atenção para o detalhe. No caso de espinhas ou marcas avermelhadas, o corretivo verde é a melhor escolha.

O tom certo de blush

Se o seu objetivo for dar um ar saudável ao rosto, não deixe de investir nas cores de rosa-queimado ou vermelho. Para algo mais discreto, o marrom-escuro são excelentes e cumprem bem a função de maquiagem do dia-a-dia.

Não tenha medo das cores

Para os batons, o vermelho e o vinho podem trazer a atenção que você deseja. Eles são mais marcantes e combinam com a pele negra. Já se a ideia for algo mais neutro, a dica é escolher um tom acima da sua cor, assim, ele ainda colore a região, mas de forma discreta.

Nas sombras, o azul-marinho, preto, dourado, cobre e marrom são os preferidos – e isso não é à toa. Eles garantem bons resultados e, se for combinado com delineadores e rímel, ficam ainda melhores. Para usar cores mais claras, o ideal é marcar bem o côncavo com um marrom escuro, para ornar com o restante do rosto.

O toque final

Contornar a sobrancelha ajuda a construir um bom resultado para os olhos. Nesse caso, a regra é escolher o que mais se mistura à cor natural dos pelos. A mesma regra vale para os lápis de olho, em que os pretos garantem um olhar mais expressivo.

Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

O artigo escrito por:

Profissional com sólidos conhecimentos técnicos que estão alinhados com sua experiência prática. Atua no segmento oftalmológico a mais de 20 anos. Focando principalmente em alternativas diferenciadas e inovadoras nas suas funções. Esse conjunto de características oferece aos clientes uma relação perfeita entre a córnea e os diversos tipos de lentes de contato. Trazendo ao usuário o máximo de qualidade a sua visão.“ Tenho como princípio básico que a personalização do atendimento leva a excelência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.