Doenças oculares

Descolamento de retina: sintomas

Um dos principais elementos de nossa visão, a retina é uma membrana fina e flexível que reveste a parte posterior do globo ocular e que tem a função de captar a luz exterior e enviar esta mensagem ao cérebro, que então processa a mensagem e determina o que estamos vendo. Todavia, a retina é mais associada aos problemas que podem surgir ao longo da vida do que em relação à sua função propriamente dita.

Imagem: drauziovarella.com.br

Imagem: drauziovarella.com.br

O deslocamento de retina é um problema comum a milhões de pessoas em todo o mundo e por um motivo simples: a retina é delicada e não possui fixação alguma dentro do globo ocular. Seu posicionamento nesta região ocorre apenas pela movimentação do vítreo, uma substância transparente e gelatinosa que mantém a retina na posição. Por isso, o deslocamento de retina pode acontecer até com certa facilidade.

 Quais são os sintomas do deslocamento de retina?

O primeiro e mais evidente sintoma de deslocamento de retina é a queda na qualidade da visão. É comum que pessoas que sofrem com o deslocamento de retina se queixem de sombras no campo de visão durante vários dias seguidos. Outro detalhe comum é a sensação de visualizar pontos brancos e manchas escuras, assim como bolhas, faíscas e flashes quando a pessoa faz movimentos rápidos com a cabeça. O deslocamento de retina pode levar à cegueira.

Tais sintomas de deslocamento de retina podem evoluir rapidamente, portanto é essencial buscar ajuda médica logo ao perceber os primeiros sinais de problemas na visão. O exame de confirmação é chamado de oftalmoscopia e é feito através de dilatação pupilar, técnica que permite ao médico realizar um mapeamento do grau do deslocamento da retina e também já orientar os procedimentos mais urgentes a serem seguidos pelo paciente.

Os tratamentos mais indicados na tentativa de correção do deslocamento de retina são: criopexia, retinopexia pneumática ou com introflexão escleral, cirurgia a laser e vitrectomia.

 O que provoca o deslocamento de retina?

O deslocamento de retina pode acontecer de forma natural com o passar dos anos, por isso é um problema comum a homens e mulheres com mais de 40 anos. Além disso, quem possui um histórico familiar preocupante, com parentes com deslocamento de retina, deve procurar o médico para se assegurar. Outro detalhe: quem já teve deslocamento de retina em um olho, tem mais chances de ter o mesmo problema em outro.

A miopia externa e lesões oculares graves, assim como traumas sérios, também são fatores que aumentam as chances da pessoa ter deslocamento de retina. A remoção da catarata é outro procedimento que pode influenciar no surgimento do problema, assim como outras cirurgias oculares ao longo da vida.

Também é preciso tomar cuidado com: diabetes descompensado, glaucoma, processos inflamatórios e tumores. Um bom check-up pode trazer mais segurança e tranquilidade.

Join the discussion

  1. Marcos araujo

    bom dia sogro de descolamento de retina e não consigo fazer a cirurgia
    gostaria de saber se ha existe oculos ou lentes para esse problema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.