Óculos de grau

Óculos de grau de ‘Farmácia’ são bons?

A oferta dos óculos de farmácia é cada vez maior. Apesar dos preços atrativos, essa opção pode colocar em risco a saúde dos seus olhos. Além da qualidade, um dos principais problemas é a indicação inadequada.

Conforme o Decreto Federal de 1934 e a Legislação Brasileira, apenas médicos oftalmologistas podem indicar lentes corretivas após exame de acuidade visual. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também baixou resolução que proíbe o comércio de lentes de grau em farmácias.

As lentes vendidas em drogarias são indicadas apenas em casos de presbiopia, conhecida como “vista cansada”, mas o uso é recomendado somente em emergências. Por serem produzidos em série, não levam em conta as necessidades visuais de cada usuário, podendo causar dor de cabeça, vertigens e até mesmo acidentes.

Por este motivo, o exame com um oftalmologista é fundamental. Muitos pacientes têm graus diferentes em cada olho, o que exige uma receita específica na hora de solicitar os óculos ou lentes para a correção. Para oferecer visão correta, conforto e segurança, os óculos com grau devem ser prescritos por médicos oftalmologistas e montados por técnicos em óptica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.