Doenças oculares

Quais são as causas e o tratamento para o derrame ocular?

Caracterizado pela presença de sangue nos olhos, o derrame ocular pode ocorrer de forma espontânea e afeta pessoas de qualquer idade ou sexo. Ocorrendo em apenas um olho na maior parte das vezes, a hemorragia pode ser muito ou pouco extensa e a gravidade depende principalmente de qual região do olho apresenta sangramentos.

 

Tipos

 

  • Hemorragia subconjuntival – Sangramento na parte externa dos olhos na qual é possível observar uma ou várias manchas vermelhas, causadas pelo rompimento de algum vasinho da conjuntiva. Com diferentes tamanhos, pode ser causado por excesso de esforço físico, tosse ou uso de medicamentos e costuma ser inofensiva.
  • Hemorragia vítrea – Composto majoritariamente por água, o vítreo é um líquido gelatinoso que preenche o globo ocular. O hemovítreo pode estar relacionado à retinopatia diabética, descolamento de retina, degeneração macular, traumatismos e outras doenças, sendo importante a realização de exames que mostrem qual a causa do sangramento.
  • Hifema – Chamado também derrame intraocular anterior, é um sangramento na câmara anterior, causado geralmente por traumatismos, que podem causar a cegueira.

 

 

Causas

Nem sempre é possível identificar o que causou um derrame ocular. Lesões, esforço excessivo, hipertensão, uso de medicamentos, degeneração macular e retinopatia diabética são apenas algumas das possibilidades. É importante consultar um oftalmologista para entender se o sangramento foi causado por alguma doença mais grave.

 

Sintomas

Além da presença de sangue nos olhos, o derrame ocular pode causar ardor, fotofobia, visão turva ou dupla, perda da visão central ou periférica e secreção ocular. Os sintomas, porém, variam de acordo com a doença ou situação que levou à hemorragia.

 

Tratamento

Em caso de derrame ocular subconjuntival, o tratamento nem sempre é necessário, já que ele costuma desaparecer espontaneamente em 2 ou 3 semanas. Caso queira acelerar o processo, basta fazer compressas com água fria duas vezes por dia e utilizar os colírios indicados pelo oftalmologista.

Para os outro tipos de derrames internos, é preciso conversar com um oftalmologista para saber qual o tratamento mais adequado para a doença que causou a hemorragia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *